pai-cabeleireiro

Pai e cabeleireiro especial

“Quando Gabriel tinha uns 3 anos, eu o levei a um salão para cortar o cabelo. Lá, o cabeleireiro me disse que não cortava cabelo de deficientes. Sai de lá chateado, passei numa farmácia e comprei uma máquina de corte. Eu mesmo cortei o cabelo do Gabriel. Em seguida, veio a ideia: por que não seguir isso como uma profissão? Assim, poderia dedicar mais tempo ao meu filho.” (mais…)

Leia Mais

katherine-and-isabelle-at-table-paper-for-water-FB-750

“Papel por Água”

Foi depois de deixar a irmã na escola e voltar para casa com o pai que Katherine Adams, 5, aprendeu a fazer origamis. Questionando-se em relação aos problemas sociais, ela decidiu se aperfeiçoar nas dobraduras de papel para fazer uma boa ação: ajudar as crianças que não iam à escola, que não tinham condições de beber água e passavam o dia carregando baldes d’água.

(mais…)

Leia Mais